domingo, 17 de fevereiro de 2008

Mar...

A água fria bate forte nos tornozelos... nas pernas frágeis que sustentam um corpo débil... agora marcado pela dor de uma vida... são as ondas fortes daquele mar salgado que outrora levou do mundo muitas das vidas que do mar se serviram. Daquele mar salgado tirou-se muito do peixe que alimentou... alimenta a vida de muitas vidas... ai mar... tens tanto de terno como de forte... tanto de sereno como de raiva... mas és tão belo ó mar salgado... és fonte de dores... alegrias... raivas... ninguém te fica indiferente e talvez por isso um dia Fernando Pessoa escreveu:


Ó mar salgado, quanto do teu sal
São lágrimas de Portugal!
Por te cruzarmos, quantas mães choraram,
Quantos filhos em vão rezaram!
Quantas noivas ficaram por casar
Para que fosses nosso, ó mar!
Valeu a pena? Tudo vale a pena
Se a alma não é pequena.
Quem quer passar além do Bojador
Tem que passar além da dor.
Deus ao mar o perigo e o abismo deu,
Mas nele é que espelhou o céu.



The weight of life, originally uploaded by FrecKles:).

11 comentários:

Floppy disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Podes usar á vontade!!
Gostei muito deste post e a foto enquadra-se na perfeição :)

bjs
Rita (FrecKles)

xistosa disse...

A alma não é pequena.
Nós é que o somos perante esta imensidão salgada.
Belo enquadramento.

Adoro as mascas dos pés vincados na "areia".
São um sinal de posse!

Maria disse...

Que bom ler aqui este MAR de Pessoa.....
... e que excelente fotografia...

Beijo

Carla disse...

faz de mar o meu ser, por isso estas palavras são tão lindas

mulher a dias disse...

Que fotografia tão bonita! Não há quem não goste do mar...
Semana feliz!

Mofina Mendes disse...

Boa semana e que o mar te inspire...

Bjinhos

Oris disse...

Falar do mar é sempre aliciante...

A foto está excelente...Aquela figura arqueada fez-me lembrar alguém.
Recordações....

Beijitos

Dalaila disse...

o mar responde ao silêncio da dor, o mar é vivo, vai e volta, penetra e sente-se, que ele leve as palavras amargas que às vezes respiramos

rosa dourada/ondina azul disse...

Como eu gosto deste poema de Fernando Pessoa !



Beijinho,

be disse...

華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,