quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Passagens soltas de uma vida I

Conhecem-se num período, diz quem sabe, controverso: o da adolescência. Quis a vida que a presença física fosse constante. Com mais ou menos cruzamentos, a vida encarregou-se de os juntar. Ou eles encarregaram-se que a vida os juntasse. Eram jovens. Bonitos. Realizados.
Surgiu a chama da paixão e com ela o namoro. Quanto mais velhos mais juntos. Quantos mais anos somavam de relacionamento mais juntos se sentiam.


(...)



Come away ..., originally uploaded by Piedade Pinheiro.