sábado, 26 de maio de 2012

O cérebro desconhece o coração. E o coração desconhece o cérebro. Ambos sabem que existem e que vivem no mesmo espaço físico, mas estranham-se. Desconhecem os problemas que lhes são diagnosticados. Este desconhecimento é muito aborrecido. Porque se ambos resolvessem conversar, muitos problemas estavam resolvidos. A medicina dava um passo em frente. AJO

Sem comentários: